Horário de atendimento. : Seg. à Sex. 8:00hs - 18:00hs - Sáb. 08:00hs - 12:00hs

Tel.: (18) 3222-1800 / (18) 3217-2262

Alimentação da mãe durante a amamentação

Amamentar é muito mais do que nutrir a criança. É um processo que envolve interação profunda entre mãe e filho, com repercussões no estado nutricional da criança, em sua habilidade de se defender de infecções, em sua fisiologia e no seu desenvolvimento cognitivo e emocional, e em sua saúde no longo prazo, além de ter implicações na saúde física e psíquica da mãe.

O leite humano possui componentes e mecanismos capazes de proteger a criança de várias doenças. É um simbiótico: uma fonte natural de lactobacilos, bífidobactérias e oligossacarídios.Portanto, nenhum outro alimento oferece as características imunológicas do leite humano.

Sabendo da importância do leite materno para a criança a alimentação da mãe durante o período de amamentação deve ser rica e variada. Portanto, repleta de alimentos como frutas, cereais integrais, legumes e verduras.

Para a alimentação da mãe que amamenta é recomendado:

  •   Pelo menos, 3 frutas por dia, distribuídas no café da manhã, almoço e jantar;
  • Uma porção de legumes e verduras ao almoço e ao jantar;
  • 3 doses de lacticínios por dia, distribuídos no café da manhã e nos lanches (como 1 copo de leite- de vaca ou vegetal- , 1 fatia de queijo minas e 1 copo de iogurte);
  • Pequenas quantidades de alimentos com carboidratos aos lanches (exemplo 30 g de cereais, 1 pão integral, 1 pão de centeio ou 2 torradas integrais).
  • Carne magra cozida, grelhada ou assada 2-3 vezes por semana;
  • Ovos podem ser consumidos até 3 vezes por semana;
  • Peixe bem cozido, de preferência no jantar, 1 vez por semana;
  •  Pouca quantidade de arroz, macarrão ou batata nas refeições principais

Muitas vezes uma alimentação inadequada da mãe pode causar cólicas no bebê e afim de evitar isso é importante que a mãe restrinja o consumo de alimentos que provocam gases, por exemplo:

  • Feijão com casca (amassado e passado na peneira pode);
  • Ervilhas;
  • Nabo;
  • Brócolis;
  • Couve-flor;
  • Repolho;
  • Batata doce.
  • Uso de alguns chás, como o chá de Kava Kava, carqueja e ginseng.
  • Leite de vaca, pode ser substituído por leite vegetal.

Comer duas fontes diferentes de carboidratos também provoca gases, por isso não se deve comer, por exemplo, arroz e batata na mesma refeição. Algumas das piores combinações que estimulam mais a formação de gases são:

  • Feijão + repolho;
  • Arroz integral + ovo + salada de brócolis;
  • Leite + fruta + adoçante à base de sorbitol ou xylitol;
  • Ovos + carne + batata doce.

Mas não é sempre que esses alimentos poderão provocar cólicas no bebê, isso depende muito da criança. Então é sempre importante a mãe ficar atenta e caso o bebê apresente os desconfortos intestinais ela deve ir retirando algum desses produtos de sua dieta e ir se adequando ao conforto de sua criança.

Durante a amamentação, mesmo com o aumento de calorias na dieta, a mãe emagrece em média de 1 a 2 kg por mês, de forma lenta e gradual, devido à energia que é perdida durante a produção de leite materno.

Durante a fase da amamentação é, também, essencial que a mãe beba bastante líquidos para ajudar na produção do leite, cerca de 3-4 litros por dia. Esta quantidade engloba a água presente nas frutas, sopas e sucos, por isso ainda é necessário beber cerca de 2 litros de líquidos, como água ou chá sem açúcar, por dia. Ter uma garrafa de 2 litros por perto é uma boa opção para controlar a quantidade de água que ingere ao longo do dia.

Já os alimentos que devem ser evitados na amamentação são: frituras, embutidos, queijos amarelos, refrigerantes, bolos e biscoitos, porque têm grandes quantidades de gorduras e açúcares. Além disso, também não se deve consumir bebidas alcoólicas e deve-se diminuir o consumo de alimentos estimulantes como coca-cola, café e chocolate.

Últimas Notícias

26/09/2019

Depressão e Reprodução humana

continue lendo...
13/08/2019

Novidades da Fert Embryo para você

continue lendo...
09/08/2019

Implicações psicológicas do espermograma

continue lendo...
07/08/2019

Doação de leite materno

continue lendo...

Copyright© Clínica Fert-Embryo 2020 - Todos os Direitos Reservados - Desenvolvido por: Valter Vinícius