Horário de atendimento. : Seg. à Sex. 8:00hs - 18:00hs - Sáb. 08:00hs - 12:00hs

Tel.: (18) 3222-1800 / (18) 3217-2262

Doação de leite materno

Doar leite materno humano é um gesto que salva vidas. O leite materno é importante para todos os bebês, principalmente para os que estão internados e não podem ser amamentados pela própria mãe. Segundo o Ministério da Saúde, todos os anos aproximadamente 150 mil litros de leite materno humano são coletados, processados e distribuídos aos recém-nascidos de baixo peso que estão internados em unidades neonatais de todo o Brasil.

 

Algumas mulheres quando estão amamentando produzem um volume de leite além da necessidade do bebê, o que possibilita que sejam doadoras de um banco de leite humano. De acordo com a legislação, além de apresentar excesso de leite, a doadora deve ser saudável, não usar medicamentos que impeçam a doação e se dispor a ordenhar e a doar o excedente a um banco de leite humano.

 

Não é necessário ter uma produção demasiada de leite para se tornar doadora e não existe quantidade mínima para a doação. É importante lembrar que um litro de leite materno doado pode alimentar até 10 recém-nascidos por dia. A depender do peso do prematuro, 1 ml já é o suficiente para nutri-lo cada vez que for alimentado. Os bebês que estão internados e não podem ser amamentados pelas próprias mães têm a chance de receber os benefícios do leite materno com a doação. Com ele, a criança se desenvolve com saúde, tem mais chances de recuperação e fica protegida de infecções, diarreias e alergias.

 

A doação de leite humano passa pelo processo de coleta, processamento e distribuição do leite humano para bebês prematuros internados de baixo peso (menos de 2,5 kg) e com patologias, principalmente do trato gastrointestinal, e que não podem ser alimentados diretamente pelas próprias mães.

 

As evidências científicas indicam que bebês prematuros e/ou com patologias que se alimentam de leite humano no período de privação da amamentação possuem mais chances de recuperação e de terem uma vida mais saudável. Com o leite materno, o bebê prematuro ganha peso mais rápido, se desenvolve com mais saúde e fica protegido de infecções.

 

Todo o leite doado é analisado, pasteurizado e submetido a um rigoroso controle de qualidade antes de ser ofertado a uma criança, conforme rege a legislação que regulamenta o funcionamento dos bancos de leite humano no Brasil. Após análises das suas características, o leite é distribuído de acordo com as necessidades específicas de cada recém-nascido internado.

 

O leite materno tem tudo o que bebê precisa até os 6 meses de idade, inclusive água. Cada pote de 300ml de leite materno humano pode ajudar até 10 recém-nascidos por dia.

Os principais benefícios do leite materno são:

- Protege a criança contra diarreias, infecções respiratórias e alergias.

- Reduz em 13% a mortalidade em crianças menores de 5 anos.

- Reduz risco de desenvolver hipertensão, colesterol alto, diabetes e obesidade na vida adulta.

 

Abaixo estão algumas orientações para quem deseja ser uma doadora:

 

Como preparar o frasco para coletar o leite humano?

- Escolha um frasco de vidro com tampa plástica, pode ser de café solúvel ou maionese;

- Retire o rótulo e o papelão que fica sob a tampa e lave com água e sabão, enxaguando bem;

- Em seguida coloque em uma panela o vidro e a tampa e cubra com água, deixando ferver por 15 minutos (conte o tempo a partir do início da fervura);

- Escorra a água da panela e coloque o frasco e a tampa para secar de boca para baixo em um pano limpo;

- Deixe escorrer a água do frasco e da tampa. Não enxugue;

- Você poderá usar quando estiver seco.

 

Como se preparar para retirar o leite humano (ordenhar)?

O leite deve ser retirado depois que o bebê mamar ou quando as mamas estiverem muito cheias.

 

Ao retirar o leite é importante que você siga algumas recomendações que fazem parte da garantia de qualidade do leite humano distribuído aos bebês hospitalizados:

1- Escolha um lugar limpo, tranquilo e longe de animais;

2- Prenda e cubra os cabelos com uma touca ou lenço;

3- Evite conversar durante a retirada do leite ou utilize uma máscara ou fralda cobrindo o nariz e a boca;

4- Lave as mãos e antebraços com água e sabão e seque em uma toalha limpa.

 

Como retirar o leite humano (ordenhar)?

Massageie as mamas com as polpas dos dedos começando na aréola (parte escura da mama) e, de forma circular, abrangendo toda mama.

 

É ideal que o leite seja retirado de forma manual:

- Primeiro coloque os dedos polegar e indicador no local onde começa a aréola (parte escura da mama);

- Firme os dedos e empurre para trás em direção ao corpo;

- Comprima suavemente um dedo contra o outro, repetindo esse movimento várias vezes até o leite começar a sair;

- Despreze os primeiros jatos ou gotas e inicie a coleta no frasco.

Se você estiver com dificuldade de retirar seu leite, procure apoio no Banco de Leite Humano mais próximo de você.

       

Como guardar o leite retirado para doação?

O frasco com o leite retirado deve ser armazenado no congelador ou freezer.

Na próxima vez que for retirar o leite, utilize outro recipiente esterilizado e ao terminar acrescente este leite no frasco que está no freezer ou congelador.

 

O leite pode ficar armazenado congelado por até 15 dias.

O leite humano doado, após passar por processo que envolve seleção, classificação e pasteurização, é distribuído com qualidade certificada aos bebês   internados em unidades neonatal.

 

O banco de Leite Humano de Presidente Prudente fica na  Avenida Washington Luiz, 112 ,Centro 19010-090/ Telefone: (18) 3226-3430/ Horário Funcionamento:  SEGUNDA - TERÇA - QUARTA - QUINTA - SEXTA - Manhã: de 08:00:00 às 11:55:00 Tarde: de 13:00:00 às 16:00:00.

Últimas Notícias

26/09/2019

Depressão e Reprodução humana

continue lendo...
13/08/2019

Novidades da Fert Embryo para você

continue lendo...
09/08/2019

Implicações psicológicas do espermograma

continue lendo...
05/08/2019

Alimentação da mãe durante a amamentação

continue lendo...

Copyright© Clínica Fert-Embryo 2020 - Todos os Direitos Reservados - Desenvolvido por: Valter Vinícius